Ian Somerhalder: Entrevista com o Vampiro

Na entrevista abaixo, o Ian fala mais um pouco de como começou a se interessar pelas causas humanitárias e pelo desejo de fazer com que o mundo se transforme em um lugar melhor para todas as suas criaturas.

O perigoso e temperamental Damon Salvatore de The Vampire Diaries tem talento para quebrar pescoços, arrancar corações e “compelir” o pensamento dos pobres mortais que ficam em seu caminho. Fora das telas, o ator Ian Somerhalder faz abordagens mais suaves para mudar a mente e o comportamento das pessoas.

Logo depois que o seriado popular de TV o levou à fama, o nativo de Louisiana lançou a Ian Somerhalder Foundation em 2010 para promover causas animais e ambientais. Ele também já discursou perante o Congresso em nome da conservação das espécies, resgatou gatinhos no set de TVD, arrecadou fundos para seu abrigo animal na cidade natal, e encorajou seus milhões de fãs a criarem um mundo mais humano.

Na cerimônia do HSUS’s Genesis Awards em Março, Somerhalder recebeu o prestigioso Wyler Award – dado em memória do fundador do Genesis Gretchen Wyler.

Nessa entrevista editada com a editora sênior do All Animals, Julie Falconer, Somerhalder explica por quê a compaixão pelos animais está em seu sangue.

Você sempre teve essa conexão especial com os animais?
Minha mãe era uma fazendeira de Mississippi, e meu pai era  um Cajun de Louisiana. Nós tínhamos toneladas de cachorros, gatos e cavalos. Eu cresci nas costas de um cavalo. Eu saía da escola em uma sexta feira, e eu literalmente não parava em casa até a noite de domingo, quando era tempo de terminar o dever de casa e ir para a cama. Eu passava todo o final de semana andando de cavalo, acampando, correndo e nadando em baías e coisas assim. Os cachorros e gatos da casa sempre nos seguiam. A interação entre esses animais, e passear com meu cachorro e meu cavalo… existe uma maravilhosa qualidade familiar que é incrível tanto de se ver como de se fazer parte.

Como essas experiências modelaram sua filosofia sobre proteção aos animais?
Desde que eu era jovem, o lar sempre representou um lugar seguro e acolhedor. Isso aconteceu especialmente para animais negligenciados e abandonados. Essa política de corações e portas abertas continua nas casas que eu faço enquanto eu gravo. Em Atlanta, eu tenho três animais de estimação resgatados. Há algumas semanas atrás, eu tinha seis, considerando que eu resgatei alguns gatinhos recém-nascidos no set de The Vampire Diaries. Mas agora eles estão felizes com suas novas famílias. Ser rodeado pela energia pura e genuína dos animais permite que uma pessoa entenda a necessidade da compaixão – um elemento chave que pode realmente inspirar mudanças positivas em vários outros problemas do mundo.
E ser de um estado como Louisiana, especialmente da área da Costa do Golfo, onde há um ecossistema extremamente delicado,  você também tem um profundo entendimento sobre animais selvagens e sobre o meio ambiente, porque você percebe o quão frágil o equilíbrio é.

Se você pudesse deixar o mundo em alerta sobre um problema, qual problema seria?
Falta de compaixão. Quando sentimos compaixão, pensamos no que e quem será afetado com nossas ações em uma perspectiva totalmente nova. Algo tão simples como a compaixão tem a capacidade de mudar em grandes escalas as coisas.
E eu acho que um dos avanços mais compassivos que poderíamos fazer na tentativa de proteger os animais seria um remédio de esterilização via oral que ajudaria a prevenir inúmeros animais sem casa.

Qual foi sua reação ao ganhar o Wyler Awards?
O prêmio Wyler foi uma honra imensa, mas também um gigante despertar para mim. Com a ISF, eu percebi que o importante não são toneladas de recursos, mas sim planos inteligentes e as parcerias certas. A organização do ISF decidiu investir na compra de 200 hectares em Louisiana, que transformaremos em um santuário de animais usado para a educação.

Com sua carreira, como você encontra energia para seu trabalho na ISF?
Todos estão ocupados! Pode parecer difícil achar tempo e energia para incentivar mudanças, mas algumas mudanças gigantes podem ser feitas em nosso dia a dia. Não importa o quanto seu dia possa ser agitado, sempre há uma oportunidade de fazer decisões que refletirão as mudanças que queremos ver no mundo.

Quais mudanças você espera que seu personagem imortal testemunhe nos próximos 100 anos?
Damon já viveu por muitos anos e com certeza já testemunhou as pessoas causando destruições em massa no nosso planeta. A Terra passou por mudanças sérias nos últimos 100 anos, então os próximos 100 serão cruciais. É bom ele investir em sérias mudanças, já que viverá aqui por um bom tempo. Eu espero que ele queira ver uma mudança consciente.

Published by

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *